Arquitetura e Urbanismo pela estudante Ana Rúbia Ferraz

2 de julho de 2010

Passeio pela Casa Deck

video

Radamés

A sala do Radamés em sketchup:

vista de cima
planta
perspectiva isométrica
corte transversal
corte longitudinal

Receita Urbana: playground em uma vaga de carro

Nossa proposta de intervenção foi transformar uma vaga de carro em um playground todo feito de pneus.
Primeiramente tivemos a idéia de fazer pufes interativos com jogos de dama e painéis (estilo quebra-cabeça), uma gangorra de pneu, uma escada na árvore que funcionaria como escalada, uma cama elástica e carrinhos de pneu. Infelizmente, devido ao peso dos pneus e a dificuldade de manuseio desses não achamos viável a construção da escada.
Apesar de ser destinado para crianças, preferimos não pintar os pneus de diferentes cores e sim com tinta amarela, simulando faixas de interditado.
Pufes

Materiais:

• 2 Pneus
• 4 parafusos grandes e grossos
• 4 porcas
• 4 ruelas
• 1 tampo de madeira do tamanho da circunferência do pneu (MDF ou compensado)
• Espuma
• Pano
• Cola-quente
• Martelo
• Prego
• Furadeira

Fazer quatro furos em cada pneu usando a furadeira. Os furos devem ser feitos formando uma cruz no pneu. Juntar os dois pneus com a fixaçao dos quatros parafusos com suas respectivas porcas e ruelas prendendo a base de um ao topo do outro.

Para estofar :

Recorte o pano no tamanho suficiente para que ele cubra o tampo com as espumas e que ainda sobre um pedaço nas bordas do tampo para que seja possível fixá-lo. Para a fixação utilize cola-quente e reforce pregando alguns preguinhos finos.

Pufe tabuleiro de dama:

Neste caso pintamos no pano branco, utilizado para o estofar, o tabuleiro de dama.

Materiais :

• Pano branco
• Tinta de tecido na cor preta
• Pincel
• Acetato

Cortar o acetato de forma quadriculada, em forma de tabuleiro de dama, deixando pequenos quadrados vazios e outros preenchidos com o acetato intercalando-os. Ao final,uma trama se formará. Fixar a trama no pedaço de pano utilizando uma fita crepe. Pintar os espaços vazios da trama sobre o pano com a tinta preta. Esperar secar e retirar a trama.


Pufe quebra-cabeça

A idéia desse puffe era proporcionar às crianças liberdade, possibilintando a cada uma montar seu painel como bem desejasse. Para isso, nós fizemos vários elementos que compõe a nossa paisagem no dia-a-dia: carrinhos, nuvens, árvores, casas, sol... Cada elemento desse tinha suas parte recortadas então a criança poderia montar sua casinha com diferentes tipos de talhados, janelas e portas. Na árvore, assim como nas casinhas, a criança tinha como alterar a copa e o tronco. Os carrinhos também foram “desmontados” e a criança colocaria a porta de uma cor e a traseira de outra se quisesse, por exemplo. Para que isso fosse possível utilizamos:

Materiais:

• Pano tipo feltro de várias cores
• Um pedaço de feltro branco para estofar o pufe montagens
• Velcro
• Termolina leitosa
• Pincel
• Cola-quente
• Tesoura

Modo de fazer:

Recortar o feltro formando os elementos desejados: telhado, janela, copa de árvore, etc... (use sua imaginação). Passar Termolina Leitosa em cada pecinha desses elementos para que o feltro não rasgue com facilidade (A termolina deixará o pano mais rígido).
Recortar o velcro em pequenos pedaços e colar um pedaço no verso de cada pecinha dos elementos (somente após a secagem da termolina). Obs.: A parte do velcro que deve ser colada nas pecinhas deve ser a parte mais rígida, pois ela colará no estofado do puffe, que funcionará como um painel para que as crinaças possam fazer suas montagens.




Gangorra

A idéia de colocá-la surgiu com o intuito de resgatar um brinquedo tão antigo, mas que até hoje faz a alegria das crianças, talvez pela sensação de liberdade, de poder quase voar... algo que infelizmente as crianças não tem mais nas nossa cidades metropolintanas... Falta espaço, falta liberdade pra ser criança...

Materiais:

1 Pneu
• 8 metros de corda de cizal
• Uma arvore com um galho bem resitente, disposto mais horizontalmente

Jogar a corda por cima do galho da arvore. Envolver o pneu com as duas pontas da corda e dar um nó muito resistente, para que a gangorra seja capaz de agüentar o peso de um adulto.
Carrinho

Os carrinhos foram os objetos que ampliavam as possibilidades de expansão do espaço da vaga. Os pneus são pesados, portanto a criança movimentaria efetivamente apenas este brinquedo com rodinhas. A idéia de pôr rodas em uma roda em uma vaga de carro também brinca com o conceito do trabalho.

Materiais:

• 1 pneu
• 4 rodinhas
• 2 eixos
• 8 roscas e 8 arruelas
• Cola instantânea (superbonder)
• Furadeira

Modo de Fazer:

Fazer dois furos próximos em um lado do pneu e dois paralelos no outro lado para passar o eixo onde ficarão as rodinhas.
Encaixar as rodinhas em cada extremidade do eixo com rosca e arruela e, para o eixo de rotação ficar fixo, pôr cola instantânea.


Cama Elástica

Qual criança (ou adulto!) não gosta de uma cama elástica
? Pois bem, resolvemos utilizar outra parte do pneu para fazer a trama da cama que é a câmara de ar, uma vez q é mais fácil para cortar e costurar, além de ser maleável ao pular.

Materiais utilizados:

• 1 pneu
• 1 câmara de ar
• 5 metros de corda de varal
• Espumas
• Tesoura
• Furadeira

Modo de fazer:

Cortar a câmara de ar em tiras iguais, cerca de 3cm de largura e comprimento de acordo com o pneu escolhido. Mas não se esqueça de esticar a as tiras, pois elas podem ficar frouxas.
Costurar (de preferência em um sapateiro) as tiras a partir de dobramentos nas pontas uma vez que a corda irá passar por dentro do dobramento. Furar o pneu em toda borda fazendo dois furos “colados” de 3 em 3 cm.
Passar a corda de furo por furo, prendendo a cada espaço de 3 cm uma tira de câmera de ar. Quando já tiver colocado metade, começar a fazer uma trama parecida com o xadrex, além de ir passando uma hora por cima outra hora por baixo até obter toda a trama.
Pôr bastante espuma por baixo dessa trama para distribui o peso da pessoa e não forçar tanto as tiras.


Como pintar os pneus

Como resolvemos pintar os pneus simulando faixas de interditado isso resultou num trabalho maior. Para que isso fosse possível precisamos de uma fita durex larga e com ela fizemos a parte preta da faixa de interditado. Passamos a fita envolvendo o pneu e só depois pintamos com a tinta amarela. Aguardamos a secagem e retiramos as fitas, então tivemos uma pequena faixa amarela e uma preta (onde estava a fita) e assim sucessivamente por toda parte externa do pneu.

Materiais:

• Tinta à óleo ou esmalte sintético na cor amarela
• Fita adesiva larga, tipo durex
• Pincel
• Aguarrás (para limpar o pincel)


Para finalizar, fizemos uma espécie de cerca com pneus deitados, de forma que houvesse um maior aproveitamento, já que além de delimitar, também pode haver interação com eles.
O parquinho de pneus é uma idéia que já existe a algum tempo, mas continua interessante por reutilizar os pneus que são facilmente conseguidos e proporcionam, como unidade, uma potencialidade bastante grande. O playground pode dar muito trabalho, principalmente ao pintar os pneus, mas ao vê-lo pronto e, mais que isso, ao ver as crianças utilizando, percebemos a reação àquilo que imaginamos... as novas formas de apropriação que podem surgir. Ficamos muito satisfeitos ao ver o resultado e foi um ótimo meio de aprendermos a elaborar uma idéia e pô-la em prática, lidando com as limitação de materiais, estruturação e financeira que dispunhamos.

Seguidores